Medidas executivas atípicas: uma leitura constitucional a partir do debate entre publicistas e garantistas

Código: 978-65-5932-025-7 Marca:
3x de R$ 26,33
R$ 79,00
Comprar Disponibilidade: Imediata Estoque: 23 unidades
    • 1x de R$ 79,00 sem juros
    • 2x de R$ 39,50 sem juros
    • 3x de R$ 26,33 sem juros
  • R$ 79,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

O presente trabalho aborda criticamente o art. 139, IV, do CPC, especificamente o âmbito de aplicação de medidas executivas atípicas nas obrigações pecuniárias.

A obra começa por revelar o nascimento gemelar do publicismo processual e do instrumentalismo processual e como o processo foi alçado a instrumento da jurisdição. Analisa como a doutrina processual brasileira, em regra, mixando os conceitos de jurisdição e de processo, infla os poderes judiciais implícitos e oficiosos para que o último seja manipulado para concretizar suas supostas funções de realização de justiça material e pacificação social. Expõe a metamorfose doutrinária da cláusula do devido processo legal em suposto direito fundamental ao processo justo e, em seguida, apresenta as premissas do processo justo aplicadas à execução.

A partir do garantismo processual, apresenta a natureza jurídico-constitucional do processo como direito fundamental de resistência e, portanto, expõe a dignidade da cláusula do devido processo legal e os limites dela decorrentes na execução. Forte em tais premissas, propõe o âmbito de aplicação das medidas executivas atípicas nas obrigações pecuniárias em interpretação conforme à CF.

Autora: Luciana Benassi Gomes Carvalho

3x de R$ 26,33
R$ 79,00
Comprar Disponibilidade: Imediata Estoque: 23 unidades
Pague com
  • Pagar.me V2
Selos
  • Site Seguro

LETRAMENTO EDITORA E LIVRARIA LTDA - CNPJ: 19.916.663/0001-89 © Todos os direitos reservados. 2021